Estadual

11/03/2019

Municípios do PR ajustam portais da transparência e ganham destaque nacional em ranking da CGU

Os municípios do Paraná ganharam destaque no levantamento EBT (Escala Brasil Transparente) - Avaliação 360°, desenvolvido pela CGU (Controladoria-Geral da União) entre as cidades mais transparentes do País. Londrina conquistou a 1ª posição no levantamento. Curitiba aparece na 11ª posição, com avaliação de 9,67, e Sarandi (Noroeste) em 8º lugar.

O resultado de Londrina ocorreu após a Prefeitura solicitar a revisão dos itens avaliados em 2018 e divulgados em dezembro. Na ocasião, Londrina aparecia em 20º lugar. Ao todo, gestores de 98 localidades pediram revisão nos dados. Destes, 19 foram deferidos totalmente e 49 de forma parcial, e outros 30 foram indeferidos. Com isso, as posições ocupadas foram alteradas e Londrina assumiu o topo do ranking da transparência, ao lado de Serra (ES), ambas com nota 9,95.

Paraná é o 4º

O Paraná está em 16º entre 27 Estados da federação no mesmo ranking. Esta foi a quarta edição da avaliação feita pela CGU. Além dos dados verificados nas edições anteriores, a EBT Avaliação 360º passou a contemplar, além da transparência passiva, a transparência ativa.
Na avaliação da transparência passiva, foi verificada a existência de canais presenciais de atendimento ao cidadão e de uma ferramenta eletrônica para envio de pedidos de acesso a informações públicas (sistema, formulário eletrônico ou e-mail). Também entrou na avaliação a verificação da possibilidade de acompanhar o trâmite das demandas e a análise das respostas recebidas (prazo, conformidade e possibilidade de entrar com recurso). Para isso, foram feitas três solicitações, por usuários diferentes (não identificados como funcionários da CGU). Os mesmos pedidos foram direcionados a cada município e estado. (Fonte: Guilherme Marconi/ Reportagem Local com AMP)

 

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.