AMPr Notícias

12/09/2019

AMP participa do lançamento do projeto Educa Juntos, que unirá governo e sociedade pela melhoria da qualidade da Educação no Estado

O vice-presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, representou o presidente Darlan Scalco (prefeito de Pérola) e os gestores municipais do Estado no lançamento do Programa Educa Juntos. Iniciativa da Secretaria da Educação e do Esporte inédita no Paraná, o projeto objetiva apoiar os municípios e melhorar os índices de aprendizagem e alfabetização dos estudantes, a partir da educação infantil.

O projeto objetiva ampliar o suporte técnico e pedagógico e promover ações colaborativas entre Estado e municípios com o propósito de melhorar o ensino de qualidade nas redes municipais de ensino. O investimento previsto no programa é de R$ 100 milhões, em três anos.

A AMP terá assento no Comitê Estadual - criado pelo governador Carlos Roberto Ratinho Massa Junior e pelo secretário da Educação, Renato Feder - para debater a implementação do regime de colaboração na Educação no Estado. O titular da AMP no órgão será o consultor em Educação da Associação, Jacir Machado, e a suplente a procuradora Jurídica da organização, Francine Frederico.

Antecipando mudanças

O vice-presidente da AMP, Edimar Santos, parabenizou o Governo do Estado pelo projeto e disse que a tecnologia, as profissões e a globalização, entre outros fatores, estão em constante mutação. “Diante desse cenário, surge a pergunta: o quanto a Educação se transformou?”. Para o prefeito, a escola é uma ferramenta fundamental para preparar os adultos do futuro e, por esta razão, deveria ter a capacidade de antecipar a mudança.

Edimar Santos considerou que, como a maioria dos municípios do Estado é pequena, precisam de apoio e defendeu que se busque construir processos de aprendizagem em rede e por meio do compartilhamento de experiências para desenvolver a Educação no Paraná pautados não somente no processo de ensino e aprendizagem, mas na melhoria da formação e da autoestima dos professores. “A AMP entende que devemos ter como pressuposto básico para o avanço da educação o seguinte lema: vamos diminuir os muros e construir mais pontes. Contem conosco”, disse.

Melhoria da Educação

Nos seus discursos, tanto o governador Ratinho Junior quando o secretário Renato Feder defenderam a necessidade e a urgência de o Paraná melhorar a qualidade da Educação e da alfabetização. Mesmo tendo o terceiro melhor Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do Brasil, com 6,3%, o Paraná ainda tem muitos desafios a superar nesta área. Hoje, 500 mil pessoas com mais de 15 anos ainda não foram alfabetizadas no Estado.

Entre as ações previstas pela Secretaria da Educação, está o fornecimento às redes municipais de material complementar de apoio didático, focado na alfabetização para os 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, beneficiando 255 mil alunos. Outra ação será ofertar às prefeituras instrumentos de avaliação, como a Prova Paraná (para 2º e 5º anos do ensino fundamental), Fluência (2º ano) e o Sistema de Avaliação Educacional do Paraná – Saep (2º e 5º).

Os professores, pedagogos, gestores das escolas e as equipes técnicas municipais passarão por formações continuadas, com foco no aprimoramento profissional. Serão três formações por ano, para 800 pessoas em cada. Além disso, a Secretaria da Educação vai reconhecer e premiar as pastas municipais que tiverem as melhores práticas pedagógicas e alcançarem os melhores resultados no programa.

 

Assessoria de Comunicação da AMP, com Agência Estadual de Notícias

AURÉLIO MUNHOZ

Reg. Prof. Mtb: 2.635/10.

Telefones: 41-3223-5733 e 41-99544-0404.

 

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.