Jurídico

15/10/2019

Governo do Estado realiza a Semana Paraná Inovador, que prossegue até sábado, e a torna anual

O governador Carlos Massa Ratinho Junior abriu nesta terça-feira (15) a Semana Paraná Inovador, que, de forma inédita, acontece no Palácio Iguaçu, sede do governo estadual. O evento reúne todo o ecossistema de inovação paranaense. Até sábado (19) serão abordados temas que vão ajudar o desenvolvimento do Estado a partir do fomento a ideias inovadoras.

Na abertura, Ratinho Junior sancionou a lei que institui a Semana Estadual da Tecnologia e Inovação, que garante a perenidade desse ciclo de simpósios e workshops para os próximos anos. A Semana passará a ser realizada anualmente, entre os dias 16 e 22 de outubro.

O governador destacou que o Estado precisa se apropriar de novas metodologias e práticas inovadoras para melhorar a gestão pública e o atendimento ao cidadão. “O Paraná precisa inovar na área pública e integrar de maneira mais qualificada as universidades e a iniciativa privada”, afirmou Ratinho Junior. “Queremos transformar essa data em grande tradição no Paraná. Esse ecossistema de inovação que acontece no mundo será replicado no Estado para ajudar a criar empresas e serviços novos para a população”.

Ele citou como conquistas inovadoras da gestão o Paraná Inteligência Artificial (PIÁ), primeiro sistema automatizado para busca de serviços; o programa Descomplica, criado para facilitar a abertura de empresas e a emissão de licenças; e o Banco da Mulher Paranaense, dedicado a fomentar a independência financeira de negócios femininos.

CALENDÁRIO - Proposta pelo deputado Hussein Bakri, líder do Governo na Assembleia Legislativa, a nova lei inclui a Semana Estadual da Tecnologia e Inovação no calendário de eventos oficiais do Paraná e vai incentivar a inovação e o crescimento tecnológico, científico e intelectual em diversas áreas de atuação profissional. O objetivo principal é valorizar e difundir a cultura da inovação, de forma a disseminar conhecimento e novas tecnologias.

MODELO ATRATIVO - Guto Silva, Chefe da Casa Civil, disse que o Paraná Inovador é uma união entre empresas, o Poder Público e as universidades públicas e privadas. “O papel do Estado é criar essa sinergia. Inovação é melhorar a vida das pessoas. A plataforma de inovação é para potencializar negócios, atrair empresas, fazer com que os jovens permaneçam no Estado. É também um sinal para as empresas virem ao Paraná, aqui temos um bom ambiente para essas iniciativas”, afirmou.

Para o deputado estadual Hussein Bakri, a Semana Estadual da Tecnologia e Inovação se soma a outras iniciativas do Estado que buscam a aproximação entre o setor produtivo e a capacidade de pesquisa dos paranaenses. “Essa semana vem para somar no calendário do Estado e mostra que nós colocamos na prática esse Paraná inovador”, afirmou.

“Esse evento materializa o que o Governo propõe sobre inovação, é um Estado aberto com inovação no seu DNA”, complementou o Superintendente de Inovação do Estado, Henrique Domakoski.

PRIMEIRA SEMANA - Nesta primeira Semana Paraná Inovador, o Palácio Iguaçu recebe palestras, workshops, talkshows, exposições, painéis de debate e apresentações de startups paranaenses. Serão abordados temas que vão impactar o futuro, projetando cenários para áreas como o varejo, a agricultura e a administração pública.

Além de soluções tecnológicas, também estarão em pauta a inovação social, a construção de redes de colaboração e o incentivo ao empreendedorismo feminino. Para os participantes, será uma oportunidade de conhecer e debater com grandes empresários, criadores de startups, investidores anjo, fundos privados e organizações de apoio ao empreendedorismo.

A programação completa está AQUI.

SINAPSE – Na abertura da Semana Paraná Inovador também foram anunciados os vencedores do Sinapse da Inovação, programa da Celepar e da Fundação Araucária de incentivo ao empreendedorismo inovador. O investimento disponibilizado pelo Governo do Estado foi de R$ 4 milhões. Durante a fase de submissão, foram seis mil cadastros de 265 municípios. Das 1.851 ideias inovadoras inscritas, 302 passaram para a segunda fase e 200 chegaram na terceira e última fase do processo. Por fim, foram aprovados 100 projetos inovadores que receberão R$ 40 mil cada.

PARQUES TECNOLÓGICOS - O Governo do Estado também entregou os certificados de credenciamento provisório para 18 iniciativas de parques tecnológicos. A comissão de credenciamento, instituída para avaliar as iniciativas, realizou visitas durante um mês com o objetivo de identificar o potencial das iniciativas de se tornarem Parques Tecnológicos, de forma a valorizar e fortalecer o ecossistema de inovação do Paraná. O conceito de parque tecnológico refere-se a uma área física que concentra empresas, incubadoras e instituições de pesquisa para compartilhamento de conhecimento, equipamentos e recursos. (Fonte: Agência Estadual de Notícias)

 

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.